Home
Palestras
Eventos Realizados
Depoimentos
Artigos
Dicas
Frases
Perfil
Contato
 
Atitudes, Motivação e Vendas

 

Vender é motivar o cliente a fazer um bom negócio. Para tal não existe vendedor que não seja motivado e que não saiba motivar, pois venda é motivação. Não podemos aceitar que clientes entrem em nossas lojas e saiam de lá somente com o que vieram dispostos a comprar, ou pior, que saiam sem comprar nada.

Não podemos admitir isto! Se acontecer, sempre digo: “Tá faltando vendedor na loja!” Em épocas de alta concorrência e de dinheiro curto, se não formos capazes de motivar os clientes a comprar, não alcançaremos o sucesso em vendas.

O diferencial das empresas está cada vez mais nas pessoas, e quem tiver os vendedores mais bem preparados e treinados, vai fazer a diferença. A motivação, como a venda, começa por um sorriso. O sorriso abre as portas para a venda.

O sorriso é o cartão de visitas do vendedor, é a melhor saudação de boas vindas.
O sorriso relaxa o cliente e torna-o menos reativo a seus argumentos de vendas.
Freqüentemente se comete o erro de “ir direto ao bolso do cliente” logo no primeiro contato. Isso vai deixá-lo mais reativo e em posição de defesa, dificultando a venda. Um sorriso longo e sincero (não aquele sorriso econômico) seguido de uma saudação de boas vindas é o melhor início de uma venda.
Partindo agora para a venda, o primeiro passo é conhecer muito bem o produto que você vende.

A melhor dica é ser usuário do produto que vende. Um vendedor que não conhece o produto que vende , e vacilar numa pergunta do cliente sobre o produto, já perdeu 50 % de venda.
Não conhecer o produto que vende e demonstrar insegurança na sua apresentação coloca o cliente em posição de desconfiança e bloqueia a intenção de comprar.
Feita a demonstração, partimos para a maior dificuldade dos vendedores que é lidar como “não”.
Um vendedor de sucesso sabe, com habilidade, transformar um”não” em um venda, e para tal, precisa treinar muito.

O melhor treino para isso é a prática: Faça esta experiência: ao atender o cliente, comprometa-se a não pronunciar nenhum “não”.
Lembre-se, para vencer o “não “ do cliente, você deve ter sempre opções e, principalmente, atitude para vencer a objeção. Por exemplo, o cliente pergunta se a loja entrega em casa.
Caso a loja não tenha tele-entrega, a primeira reação é dizer “não temos”. Mas a resposta com “atitude” seria: Nossa loja atende somente no balcão, mas podemos providenciar um moto-boy para que lhe entregue o produto. Um momento, vou fazer contato e já lhe passo o valor para a entrega em sua residência.
” Mais um vez, para resolver o problema foi necessário “atitude”, que, aqui, traduziu-se por disposição para atender a solicitação do cliente.
Sucesso e boas vendas!

 

 

 

  Todos os Direitos Reservados Luciano Fregapani
Palestrante e Conferencista Peoplework - Consultoria e Treinamento Ltda
Fone:(51)9971-4676